terça-feira, 10 de maio de 2011

O dia em que quase pus fogo na casa

Nunca sei ao certo quanto a Helena vai dormir nas sonequinhas da manhã. Às vezes são 30 minutos, outras 45, algumas vezes chega a uma hora e, com muita sorte, até mesmo 2! Sorte pois neste caso dá para fazer muitas coisas: almoçar, lavar roupa, por pra secar, guardar roupa no armário (roupa é quase uma obsessão, já que nenéns e filhas de 3 anos sujam muita, muita, muita roupa!), dar uma geral na casa, ligar para família e amigos, ler e responder e-mails e até escrever no blog :-)
Hoje mesmo, ela adormeceu por volta das 8:20. Agora ja são 10 e ela ainda está dormindo. O que não é típico, pois a primeira soneca do dia nunca costuma passar de uma hora. Ou seja, ela gosta de me deixar na expectativa :-)

Mas enfim, ontem, foi um destes dias em que eu ficava controlando o relógio e pensando: quais são as prioridades, o que fazer antes dela acordar? E assim, fui fazendo as coisas: arrumei as camas, fiz almoço, almocei, coloquei as coisas na máquina de lavar louça, arrumei os brinquedos da Sophia e coloquei as chupetas da Helena para ferver (não, ela continua não pegado chupeta, mas continuo tentando e como já fazia quase uma semana que não tentava, resolvi dar uma esterilizada).
Nisso a Helena acordou. Fui amamentar, daí o telefone tocou e era uma amiga combinando de irmos a um parquinho com as crianças na quinta. Falamos mais um pouco e daí a Helena fez cocô. E como ela tinha feito um montão e o body tinha se sujado resolvi dar um banho. Então nós duas subimos, preparei a banheirinha, a roupinha para vestir depois e o famoso secador de cabelo, para momentos felizes após o banho.
Já falei que ela AMA o banho? Ela bate as perninhas, sacode os bracinhos, sorri, sorri e sorri! É uma festa! Ficamos um bom tempo no banheiro até que ela cansou. Aí fomos para o quarto, coloquei-a no trocador, dei uma pré-enxugada e comecei a passar o secador, para a alegria da minha princesinha ser completa. Foi então que comecei a sentir um cheiro esquisito de queimado. Achei que fosse o secador, pois ele estava ligado em cima de uma cômoda e pensei que pudesse estar queimando a madeira. Mas não era. Achei que era o próprio secador, mas também não era. Aí começo a pensar um pouco mais, olho pra escada e vejo fumaça subindo.... No meio do pânico me lembrei das chupetas fervendo lá na cozinha... Catei a Helena, coloquei em cima da cama da Sophia, fechei a porta do quarto e desci correndo... A cozinha estava bem esfumaçada e o cheiro insuportável. Catei a panela e saí correndo para levar a panela para a sacada, para cima de umas pedras para não queimar mais nada. Aí abri todas as janelas, subi correndo, acabei de por a roupa na Helena e desci correndo para passearmos um pouco, enquanto a casa arejava, afinal o cheiro estava realmente horrível.

Só sei que fiquei tremendo. Morrendo de medo de ter posto minha filha em perigo. E com raiva do detector de fumaça que não apitou. Pôxa, se a fumaça chegou a subir escada cima, era para ele ter apitado, não era??? Não temos detector diretamente na cozinha (pois os vapores enquanto cozinhamos costumam já fazer disparar o detector), mas no corredor sim, ou seja, era para ter disparado, na minha opinião.

Mas para não dizer que não aprendi nada com esta história (para além da minha decisão de não mais ferver as chupetas, vou colocá-las no esterilizador, mesmo só para poucas coisas): vejam só como o silicone é resistente! Eram duas chupetas com capinhas, o plástico tanto da chupeta quanto da capinha derretereu totalmente, mas o silicone ficou!


Beijos e cuidado com as panelas!

P.S.: Helena ainda está dormindo!

10 comentários:

Simone disse...

É de assustar mesmo, mas é coisa demais na cabeça e por fazer né? Tenho que confessar que depois que passa até acho graça, mas acho que é de nervoso.

E na minha opinião tinha que ter apitado sim!

Bjs!!

Fabiana disse...

Jogue a primeir a pedra a mãe que não passou por isso?!!! Eu já, minha mãe já (depois de vó)! A gente assusta mesmo! E o cheiro... cruzes!!
Agora quando coloco a chupeta na panela não saio de perto até terminar. É o jeito... pq confiar na minha cabeça... isso é impossível!
Beijos
Fabi
http://2-ao-quadrado.blogspot.com

Cleide Ana Rota disse...

Foi um susto, não é? As coisas acontecem assim, em um piscar de olhos! Temos que estar alertas a tudo mesmo, e com tantas obrigações, às vezes estamos sujeitas ao esquecimento e pequenos incidentes... Cuide-se, flor; mil beijos com carinho, Cleide e Heloísa.

Alessandra disse...

Ai, amiga, que susto! Eu confesso que ficava beeeeem lesada no pós-parto. Agora acho que já estou voltando para um certo "normal" (apenas 16 meses depois!).
Bom, receba um abraço solidário daqui. Só não deixei chupetas "assando" porque as minhas meninas não quiseram saber delas!
Beijo!

Karen disse...

Que bom saber que mais alguém conhece o cheiro horroroso de chupetas derretidas, Fabi :-)
Eu também prometi a mim mesma que só vou usar o esterilizador de agora em diante (ele desliga sozinho), pois sei que vou acabar nao ficando do lado da panela até acabar de ferver...

Camilla Brandel disse...

Oi Taia.
Tô com a mão levantada aqui, também já esqueci chupeta no fogo. A água secou, o plástico da chupeta já tava derretendo e grudando, mas não chegou no estágio fumaça. E pra não dizer que é coisa de demência pós-parto, o Alessandro também já queimou chupeta. :P
O que eu fazia pra evitar tragédias era sempre colocar um moooooooonte de água. Porque eu vivia esquecendo as chupetas no fogo, mas pelo menos quando lembrava ainda tinha água.
Também tive vários episódios de fazer legumes no vapor e a água secar. Mas pelo menos a gente sentia o cheiro antes da fumaça.
E pode acionar a empresa do detector de fumaça!! Devia ter apitado.

Kathe disse...

Well.... na casa da Lica também andei esquecendo a panela ligada, mas por sorte no dia que isso aconteceu o Alesasndro viu e desligou antes que acontecesse alguma calamidade!!!
Por sorte não estragou a minha linda e maravilhosa espagueteira !!! Lembra Lica ??
Chame a empresa de detector de fumaça e mostre como ficou a panela !!!
No mínimo vc tem que ganhar uma panela e mais umas 2 pelo stress e susto.... bem como chupetas !!
bjs.

Rodrigo disse...

Chupeta naum, mas comida da Giovanna meu Deus, um dia queimou tando que parecia um carvao....haaaa lembrei, e um dia que o Joaquim esqueceu o fogo ligado, e foi trabalhar, ha e nem de conto, bem pertinho do fogo tinha um pano de prato,pensa na hora que a Moca vui..... rsrsrrsrsrsr Bjossss

Karen disse...

Nada como dividir estas tragédias com vocês e ver que sou "normal" hehehe! E que não fui a primeira, nem serei a última mãe a passar por isso :-)

Anônimo disse...

Não sei se rio ou se choro! Acabei de fazer isto, e o pior, é que quando o cheio infestou a casa, fiquei pensando: quem é o vizinho doido que está queimando plástico por ai! :S
Agora vem a pergunta, como limpar a panela? Alguém pode me ajudar?
Grata, Talitag28@gmail.com