terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

De volta ao mundo dos vivos e ansiedade pré-parto

Já que a tosse não quer passar mesmo, decidi que eu não iria ficar passando os meus últimos dias de licença em casa. Então fui hoje pra natação e à tarde voltei a levar a Sophia para a aula de ginástica dela.

A aula de ginástica eu poderia ter deixado pra lá. A professora oficial da turminha não foi e a substituta, ai, ai, ai.... Tadinha. Tá certo que sempre é difícil uma primeira vez. Mas ela conseguiu dar uma das piores aulas ever.
Ela chegou, não cumprimentou as crianças, não perguntou pelo nome delas, não se apresentou, simplesmente começou a montar um pequeno circuito pras crianças brincarem e pronto. Depois de montado (ou semi, pois as crianças sempre começam a mudar a ordem dos objetos assim que têm a chance) ela se limitou a remontar o que as crianças tinham alterado e de 5 em 5 minutos, mais ou menos, chamava as crianças: venham brincar aqui. Mas sem maiores entusiasmos ou incentivos.
Aff. Fiquei um pouco irritada, afinal eu tirei a Sophia do parquinho, num dos únicos dias de sol e de menos frio desde o início do ano, para levá-la à ginástica e daí esta bagunça de aula... Mas criança é criança e ela gostou e começou finalmente a se soltar um pouco. Chamou outras crianças para brincar, ia olhar curiosa o que os outros estavam fazendo e começou a proteger "seus" brinquedos também. Espero que continue assim na próxima vez, quando a professora oficial estiver presente.
Outra da professora substituta: de repente um menino pediu para ir ao banheiro. Em vez de ela chamar o pai do mesmo, ela resolveu fazer uma pequena enquete de quem também queria ir e simplesmente saiu da sala, com umas 5 crianças. Tudo bem, eu estava na sala e podia dar uma olhadinha, mas e se não tivesse??? Como que ela me deixa aquele as outras 7 crianças sozinhas? Só sei que fiz uma anotação mental para nunca deixar a Sophia na ginástica quando a substituta estivesse por lá.

Já a natação foi gostosa. Foi bom ter feito exercício, ter visto outras futuras mamães com seus barrigões e de ter me sentido, por alguns minutos, muuuuuito mais leve. Hoje só tinha uma mamãe com a data prevista para o parto anterior à minha! Ou seja, em princípio sou a segunda da fila :-)
Engraçado que esta ansiedade não é só minha. A Sophia também acha que minha barriga já cresceu o que tinha para crescer. Todos os dias ela me me pergunta se a neném já nasceu e me diz qual é o nome do dia. Ela geralmente escolhe nomes das amiguinhas da escolinha: Charlotte, Jasmin, Adriana; das professoras da escola: Kimberley, Susan, Janina e também nomes que ela tira de livros: Rapunzel, Chapeuzinho Vermelho, Gabriela, Vitória e assim por diante.

Hoje o nome era Rapunzel. Vamos ver o que vai ser no dia do nascimento :-) E que ele, o grande dia D venha logo!

2 comentários:

Camilla disse...

Acho que é o caso de você dar uma leve reclamada dessa substituta, não? A falta de tato com as crianças dá até pra relevar, mas abandonar metade da turma não foi muito legal.
Mas agora pensando bem, o que ela poderia fazer se um aluno quer ir no banheiro e o pai/mãe do mesmo não se encontra? Acho que essa turma precisa de uma auxiliar. :-)

Carol Garcia disse...

ola!
obrigada pela visita no blog!
bom conhecer brasileiros que moram fora com familia e tudo!
adorei seu blog!
bjo bjo