domingo, 24 de julho de 2011

Mamãe, eu quero salitatá!!!!!!!!

Tá.
Você está no carro, dirigindo, seus pais, sua filha mais velha e sua filha caçula também estão com você, tudo em perfeita harmonia. Que venham os 500 quilômetros que nos separam da casa da sogra.
O trânsito não está ruim, as musiquinhas no rádio até que estão simpáticas, todos de barriga cheia e sem vontade de ir ao banheiro, pois se tem coisa que irrita qualquer motorista é fome ou vontade de fazer xixi. Ou trânsito. Ou posto longe quando a gasolina está quase acabando. Ou caminhões ultrapassando outros caminhões e ocupando a pista da esquerda. Ou fumaça de caminhão. Ou sinais vermelhos. Ou obras na pista. Ou...

Mas, enfim, não vamos fugir do tema, afinal tudo estava bem e em perfeita harmonia.
Porém, de repente, não mais do que de repente, vem o pedido:

- Mamãe, eu quelo salitatá.
- Quer o quê?
- Salitatá, mamãe.
- Sair o quê, Sophia?
- Ma-mãe, eu que-lo sa-li-ta-tá!
- Filha, mas eu não sei o que é isso.
- (já bem irritada) salitatá, agola!!
- Você quer a Sari (uma amiguinha da escolinha)?
- Não, mamãe, plesta atenção, eu quelo salitatá!!!!!
- (eu com cara de ponto de interrogação, pensando se ela tá me falando algo exótico em alemão, já que de vez em quando ela faz umas combinações linguísticas pra lá de interessantes...) filha, mas salitatá é como o papai fala, como é que a mamãe fala isso?
- Você que fala salitatá, não o papai!
- (eu continuo perdidinha, meus pais se olham, oferecem sugestões do tipo: será que ela quer bolacha? sentar?) Sophia, a mamãe não sabe mesmo o que você quer....
- Mamãe, eu quelo ouvir salitatá.
- (De repente, a ficha caiu!) ah: você quer ouvir siriri pra cá?
- Sim, mamãe. Agola!

E com vocês a famosa canção Salitatá:

A canoa virou
Por deixá-la virar
Foi por causa da Sandra
Que não soube remar
Se eu fosse um peixinho
E soubesse nadar
Tirava a Sandra
Do fundo do mar
Siriri pra cá, siriri pra lá
A Sandra é feia e quer casar...

8 comentários:

Aretusa disse...

kkkkkkkkkkkkk, eu me divirto com essas historinhas!!
É, mamãe tradutor tem que estar ligado o tempo todo, mas ainda tem coisas que eu não peguei, ai, ai!!
Beijos e boa semana!
Aretusa, mamãe da Doce Sophia

Camilla Brandel disse...

Tá vendo? É só prestar atenção, hehehe. A propósito, de onde você conhece essa versão? Eu lembrava vagamente dessa música de quando era criança, mas agora tô com a versão do dvd da galinha pintadinha na cabeça. E nele não tem nenhuma Sandra!! :-)
E também ninguém é feia, nem quer casar, hehehe. A última frase é "A galinha não sabe nadar". Nas outras repetições mudam o personagem para Julia, ou o galo. Mas nada de Sandra!

Karen disse...

Então, esta versão é daquele cd de cantigas de roda que você deu pra Sophia, lembra?
Pobre Sandra, não? :-)
Mas várias letras de música são mudadas lá. O sapo não é cururu (como eu conhecia) mas Jururu. A pombinha branca não lava roupa pro casamento, mas sim louça e por aí vai. O problema é eu esquecer e cantas diferente do cd... Levo a maior bronca hehehehehe!

Talita disse...

kkkkkkkkkk
Essa fase é muito gostosa, essas descobertas todas...
Parando pra pensar, é muita palavra pra aprender, né?

Beijossss

Simone disse...

hahahahaha. Morri de rir agora!

Karen, essa música com a Sandra é do grupo Palavra Cantada da Sandra Peres e Paulo Tati. Sofia tem o DVD e adoooora!!!

Bjs!!!!!!

Camilla Brandel disse...

Ah, o Nathan também não gosta quando o Alessandro erra a letra das músicas, hehehe.
Mas sabe que nem sei quem foi que mudou a letra? O cd ou ou dvd? Porque, por exemplo, a Maria me disse que na infância dela o sapo era jururu. Acho que essas músicas que vão passando de boca em boca acabam sendo cantadas de várias formas. Bom, se bem que agora com o registro de cd, acho que isso acaba.

Alessandra disse...

Quem canta um canto muda um pouco!
O duro é explicar isso para as crianças...
O mais legal que eu acho que é elas "soletram" pra gente entender melhor, né... muito 10!

Priscila Quaquio disse...

Rsrsrsrsr! Que linda!!!! Eu coloco para tocar e canto todos os dias essa musiquinha para meu filho, entre outras! Ele adora! Se por um acaso um dia ele vier com essa história de Salitatá já vou saber o que é ! Beijos