domingo, 26 de junho de 2011

Impaciência infantil

Sophia vai hoje pra praia com os avós. Serão duas semanas de (espero!) sol, mar, areia e calor, numa viagem somente para os avós, ela e o priminho da mesma idade.
Há dias que ela está ansiosa com a viagem e hoje finalmente chegou o grande dia! Ela já foi dormir animada, vendo que sua malinha já estava feita e animada acordou.

Mas os avós não moram na mesma cidade que nós, são quase 500 kms de distância. E quem disse que dá para explicar para uma criança que eles ainda vão demorar um tempo indeterminado? Que eles disseram que chegariam em um horário 'x' mas que ainda não chegaram? E como evitar que a criança fique indo de cinco em cinco minutos até o portão ou janela para esperar por eles? E como não ficar com peninha de ver o seu olhar tristonho enquanto fica paradinha, com frutinhas para recepcioná-los, sentadinha na escada por minutos e minutos a fio?
E como explicar para os avós que eles não devem desligar o celular NUNCA quando uma netinha está à sua espera? E como confiar que os avós estarão com o celular ligado quando uma mãe aflita quiser saber como está a filha adorada, já há dias longe dela?

Perguntas, perguntas e mais perguntas. Espero que cheguem logo. E que o celular fique sempre ligado de agora em diante.

4 comentários:

Camilla Brandel disse...

Argh, realmente vai dar uma aflição danada se você ligar e eles não atenderem o telefone, né? Criações inteiras de minhocas passando pela cabeça, hehehe.
Pra qual praia eles vão? E a vovó brasileira, vai junto pra praia ou fica?
Beijo!

Fabiana disse...

Tomara que dê tudo certo!
Juju já foi à praia com a avó 2 vezes e foi só curtição!!
Beijos
Fabiana
http://2-ao-quadrado.blogspot.com

Alessandra disse...

Essas esperas são de matar, né... A Glorinha também fica super-aflita e olha que nunca teve algum acontecimento importante desses de ficar 2 semanas todinhas fora de casa!
E quanto a desligar o celular... aff! Nem me fale! Haja coração - ainda bem que agora você tem a Helena para te distrair das criações de minhocas que ficam passando na cabeça se o telefone não atender!

Simone disse...

rsrs. Karen, o título devia ter sido:

Impaciência infantil e ansiedade materna.

O importante é manter a mente quieta, espinha ereta e o coração tranquilo. Vai dar tudo certo.

Bjs!!!